Mantenha-se afastado da osteoartrose - ojoelhodoi.pt

Mantenha-se afastado da osteoartrose

A osteoartrose é uma das patologias articulares mais frequentes, afetando, atualmente, cerca de 38 milhões de pessoas na União Europeia. Estudos recentes confirmam que a osteoartrose é uma doença com impacto significativo na qualidade de vida do doente, bem como na sua capacidade de trabalho. Tome nota de algumas dicas que o ajudarão a gerir e a prevenir a doença.

osteoartrose

É, igualmente, altamente incapacitante, pela perda de autonomia e liberdade. Estudos recentes confirmam que a osteoartrose é uma doença com impacto significativo na qualidade de vida do doente, bem como na sua capacidade de trabalho. Devido à taxa de prevalência, tem consequências a nível social, económico e psicológico.

Os principais fatores de risco são a idade, o género (tudo indica que é mais frequente nas mulheres) doenças metabólicas e endócrinas, a obesidade e a sobrecarga articular. Mas, conforme defendemos em www.ojoelhodoi.pt, a dor não deve ser desvalorizada e o diagnóstico precoce aumenta exponencialmente a probabilidade de prevenção da evolução da doença.

As articulações têm uma lubrificação própria, que impede o seu desgaste. As lesões na cartilagem ocorrem quando excessivamente utilizadas ou danificadas. Na maioria dos casos, a osteoartrose tem um desenvolvimento lento depois do aparecimento dos sintomas. Para gerir e prevenir a osteoartrose, existe uma combinação de fatores que devem ser tidos em conta: alimentação, exercício físico e medicação / suplementação adequada. Do ponto de vista nutricional, há diversos estudos que confirmam que os alimentos ricos em ácidos gordos, ómega 3, frutas e legumes ricos em vitaminas e antioxidantes, são essenciais para manter a saúde articular. A suplementação vem depois efetivar a absorção dos nutrientes necessários. O exercício físico regular deve fazer sempre parte dos hábitos saudáveis, para assegurar e prevenir a incapacidade de movimentos.

Se quiser saber mais sobre a osteoartrose, consulte o menu “Sintomas e Doenças”, aqui. Nesta página, ficará a conhecer as possíveis causas e sintomas associados. Se já sente dor no joelho, mas não sabe o que é, faça o questionário aqui para verificar se reúne os fatores de risco, antes de marcar a sua visita ao médico.

Fonte: Runners World

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This