Sabia que correr faz bem aos joelhos? - ojoelhodoi.pt

Sabia que correr faz bem aos joelhos?

Quase todos os corredores profissionais acreditam que correr faz mal aos joelhos. Devido à falta de evidencias que suportem esta teoria, uma equipa de investigadores juntou 15 corredores para fazer uma experiência que veio a revelar que a corrida, além de ser benéfica para o funcionamento do joelho, ainda proporciona proteção contra as doenças nas articulações. Descubra tudo neste artigo!

correr

Quem o diz é o The New York Times. Mas vamos a factos!

Quase todos os corredores profissionais acreditam que correr faz mal aos joelhos – principalmente se estivermos a falar de grandes distâncias -, argumentando que o impacto gerado pela corrida acaba por degradar, gradualmente, a cartilagem da articulação.

Contudo, não há muitas evidências que suportem esta teoria. Por isso, o The New York Times foi analisar um novo estudo, através do qual um grupo de investigadores sugere exatamente o contrário: correr traz algum benefício para as articulações, ao alterar o ambiente biomecânico dentro do joelho, ajudando-o a funcionar de uma forma mais suave.

Ao que tudo indica, estudos epidemiológicos, realizados em pessoas que correm há já muito tempo, têm mostrado que estes corredores apresentam menos probabilidade de desenvolver osteoartrose nos joelhos, do que as pessoas, com a mesma idade, que não correm. Esta conclusão tem levado, inclusive, alguns cientistas a acreditar que a corrida pode ter um impacto direto nas articulações dos joelhos.

Para verificar esta teoria, a equipa de investigadores juntou 15 corredores, homens e mulheres, com menos de 30 anos e com joelhos perfeitamente saudáveis (sem historial de lesões ou artrose). Estes voluntários, retiraram amostras de sangue e de líquido sinovial do joelho direito. Depois, num laboratório de biomecânica, um grupo foi submetido a 30 minutos de passadeira (ao seu ritmo) e o outro, a 30 minutos sentado. Esta operação foi repetida várias vezes, durante vários dias, enquanto os investigadores procuravam, no sangue e no líquido sinovial, substâncias que estivessem associadas a processos inflamatórios.

Em quase todos os casos observados, os joelhos dos corredores mostraram níveis particularmente baixos dos tipos de células que podem conduzir à inflamação, enquanto que os joelhos dos que ficaram sentados aumentaram o nível de uma das moléculas inflamatórias.

Desta forma, sugere-se que uma sessão simples de meia hora de corrida altera o interior do joelho, reduzindo os níveis de inflamação e dos marcadores de artrose. Mais: os estudos mostram, ainda, que estar sentado/imóvel também tem repercussões no joelho – torna-o mais vulnerável a doença tardia. Estas descobertas sugerem que a corrida, quando moderada, não é prejudicial aos joelhos saudáveis e, contrariamente ao que pensamos, oferece uma proteção contra as doenças nas articulações.

Se o seu joelho não dói, continue a correr!

Fonte: De Sedentário a Maratonista

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This