Consumo alimentar e qualidade de vida de índivíduos com osteoartrose

São vários os sintomas que a osteoartrose pode vir a causar nos indivíduos que padecem desta doença: dor, diminuição funcional e até, em casos mais avançados, incapacidade permanente. E o consumo alimentar pode desempenhar, a este nível, um papel muito importante.

São vários os sintomas que a osteoartrose pode vir a causar nos indivíduos que padecem desta doença: dor, diminuição funcional e até, em casos mais avançados, incapacidade permanente. E o consumo alimentar pode desempenhar, a este nível, um papel muito importante.

A osteoartrose é uma doença crónica degenerativa que depende tanto de fatores genéticos como ambientais, podendo causar grandes desconfortos a quem sofre com esta condição e representar uma enorme sobrecarga para os sistemas de saúde e a sociedade em geral.

Um risco adicional para quem foi diagnosticada esta patologia, é o excesso de peso. A obesidade é considerada um fator complicador da osteoartrose, desde logo porque representa uma sobrecarga sobre as articulações já comprometidas, causando ainda um maior desgaste destas. Indivíduos obesos e afetados por esta condição apresentam maior risco de mortalidade, em resultado das dores e da incapacidade funcional.

Está assim provado que os hábitos alimentares e os padrões nutricionais dos sujeitos influenciam os sintomas normalmente associados à osteoartrose, contribuindo para a intensificação destes. De outra forma, entende-se que uma dieta equilibrada, que conduza à perde de peso excessivo, é um auxiliar preciso no tratamento da doença.

Uma alimentação saudável e rica em antioxidantes, por exemplo, pode diminuir o risco de progressão da osteoartrose. O combate à obesidade passa, igualmente, por um maior consumo de alimentos ricos em fibras, como é o caso das frutas e vegetais. Com a ajuda de um nutricionista, os pacientes poderão estabelecer estratégias nutricionais adequadas ao seu caso e garantir para si uma qualidade de vida superior.

Fontes (06/07/2022):
https://brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/42215/pdf

MAT-PT-2200847 v1 setembro 2022

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This