Exercícios de fisioterapia para os joelhos.

O joelho é uma das maiores e mais complexas articulações de todo o corpo humano e também uma das mais utilizadas. Por isso, é uma das regiões mais sujeitas a lesões ao longo da vida. Conheça os problemas, as soluções e os conselhos para quem tem problemas no joelho.

exercícios de fisioterapia para o joelho

O joelho é uma das maiores e mais complexas articulações de todo o corpo humano e também uma das mais utilizadas. Por isso, é uma das regiões mais sujeitas a lesões ao longo da vida. Conheça os problemas, as soluções e os conselhos para quem tem problemas no joelho, sendo que exercícios de fisioterapia para os joelhos são um dos primeiros tratamentos indicados.

SINTOMAS E PROBLEMAS

Normalmente, a dificuldade de locomoção ou algum incómodo associado a esta, são os fatores primordiais de alerta para problemas no joelho (ainda que não sejam obrigatoriamente sinal de doença). O principal sintoma de problemas no joelho é a dor, sendo que esta pode estar associada a outros, como a vermelhidão ou inchaço.

Uma simples pancada na área costuma provocar este tipo de dor. A luxação é umas das causas mais comuns de dor no joelho e ocorre frequentemente durante a realização de desportos de grande impacto ou contacto, como é o caso do futebol, por exemplo. Aqui, trata-se de um deslocamento do osso que fica na região frontal do joelho, designado por patela. É um fenómeno que requer um atendimento médico imediato, ainda que alguns indivíduos consigam, por si próprios, voltar a colocar este osso no seu lugar.

Além da luxação, existem outros fatores que podem dar origem a problemas no joelho. É o caso de certos movimentos repetitivos ou demasiado intensos e do excesso de peso. Este último dá origem a um aumento da sobrecarga sobre o joelho, com consequências óbvias.

FISIOTERAPIA

Para problemas como estes, a fisioterapia é um dos primeiros tratamentos indicados, podendo o tratamento ser acompanhado pela prescrição de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos. em casos de maior gravidade ou na falta de resultados no tratamento conservador, é sugerida uma intervenção cirúrgica.

Durante a reabilitação, os exercícios de fisioterapia costumam ser bastante eficazes e, tratando-se de um método não invasivo, são a melhor opção para quem quer resolver o problema sem o recurso a cirurgias.

Para o efeito, existem diversos tipos de exercícios de tratamento do joelho e todos eles devem ser supervisionados por um fisioterapeuta que conheça bem a estrutura do joelho. Este especialista tem a noção exata de qual a melhor a forma de realizar os movimentos, garantindo que são eficazes, benéficos e não geram problemas para essa e outras articulações.

CONSELHOS

Com as atividades e os exercícios de fisioterapia indicados, a saúde do joelho tende a aumentar consideravelmente. Ainda assim, para potenciar o sucesso dos tratamentos, devem-se tomar outros cuidados com a região.

Controlar o peso corporal é fundamental. Quando o indivíduo está acima do seu peso natural, está a colocar uma pressão exagerada sobre os joelhos, intensificando o seu desgaste e abrindo a porta a uma série de problemas. Aconselha-se, por isso, a opção por uma dieta equilibrada, rica em frutas, verduras e legumes. Deve-se restringir ao máximo o consumo de produtos industrializados e de fastfood.

É também aconselhável utilizar sapatos confortáveis e adequados. Por exemplo, as mulheres que utilizam saltos muito altos estão mais sujeitas a lesões, pois estes aumentam a pressão sobre as pernas e os pés.

Resumindo: cuidar de si, é cuidar bem dos seus joelhos.

Fonte
(março 2020)

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This