Influência da idade e da obesidade na osteoartrose

A realização de estudos científicos tem permitido chegar a algumas conclusões sobre o contributo de certos fatores de risco, como é o caso da idade e da obesidade, para um agravamento dos incómodos provocados pela doença ou até o seu surgimento precoce.

A osteoartrose é uma doença crónica degenerativa, existindo vários fatores de risco que podem levar ao agravamento dos seus sintomas. Para quem sofre desta condição é fundamental saber que riscos são esses e o que fazer para os minimizar ou mesmo evitar.

A realização de estudos científicos tem permitido chegar a algumas conclusões sobre o contributo de certos fatores de risco, como é o caso da idade e da obesidade, para um agravamento dos incómodos provocados pela doença ou até o seu surgimento precoce.

Por um lado, sabe-se que a capacidade funcional das articulações se vai reduzindo ao longo da vida e, por outro, que o processo natural de envelhecimento, quando associado a doenças crónicas, é o principal responsável pelas limitações dos idosos.

O envelhecimento traz consigo um aumento da quantidade de gordura no organismo, a diminuição da força muscular, dos reflexos de ação e reação, da coordenação, da firmeza dos ligamentos e tendões, problemas motores e menor aptidão física em geral. Por isso, é fundamental prevenir o aparecimento de incapacidades, mantendo uma atividade física regular que assegure ao idoso a máxima independência e autonomia possível, sempre a par do controle do peso.

A questão do excesso de peso é decisiva, sobretudo quando conjugada com a idade avançada.

A estatística mostra que a maioria dos idosos com um peso considerado normal não apresenta diagnóstico de osteoartrose, ao contrário do que acontece com a maioria dos idosos obesos. Através da análise do Índice de Massa Corporal, verificou-se que o número dos idosos obesos com artrose de joelho é superior ao dos idosos com peso normal.

Assim, é certo que a obesidade, além de ser por si própria um fator limitante, é também potenciadora de uma maior risco e grau de gravidade das lesões causadas pela osteoartrose:
uma maior quantidade de gordura corporal pode aumentar a sobrecarga sobre o corpo, limitando os movimentos e aumentando a pressão nas articulações e músculos.O controlo ou a redução do peso corporal são pilares essenciais no combate à osteoartrose, principalmente nas articulações que suportam muito peso, como é o caso das dos joelhos.

Fontes (06/07/2022):
https://periodicos.uninove.br/saude/article/view/1506

MAT-PT-2200845 v1 setembro 2022

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This