Modalidades e técnicas de Fisioterapia na Osteoartrose

Em casos de Osteoartrose, o tratamento fisiátrico deve ser efetuado sempre que existam sintomas ou sinais desta doença articular, como por exemplo dor, edema, défice de extensão ou défice de flexão a nível do joelho.

Em casos de Osteoartrose, existem técnicas de fisioterapia que devem ser efetuados sempre que existam sintomas ou sinais desta doença articular.

TRATAMENTO

São muitos os doentes que beneficiam deste tipo de tratamento para controlar a dor e para impedir que se torne numa patologia incapacitante. O tratamento fisioterapêutico deve ser sempre individualizado, de modo a que haja uma adaptação deste à patologia específica do paciente, a outras patologias articulares e outras eventuais doenças. Um programa de Fisioterapia adequado, deve ser estabelecido por um médico especialista em Medicina Física e de Reabilitação (Fisiatra).

A fisioterapia pode ser efetuada em sessões diárias ou em dias alternados. A duração do tratamento vai depender dos objetivos propostos para cada caso e da progressão do doente.

Para tratamento das queixas e sinais inflamatórios podem ser utilizados agentes físicos de calor, agentes físicos de frio, ultrassons e correntes elétricas. As massagens são técnicas muito utilizadas, visto que podem atuar nos diferentes tecidos peri-articulares e também em todo o membro inferior, além de possuírem inúmeros efeitos benéficos.

Exercícios para fortalecer o joelho com desgaste da cartilagem têm que ser realizados em diversos músculos, para que se consiga aumentar ao máximo a estabilidade do joelho. As técnicas de mobilização da rótula e do joelho visam aumentar os movimentos, sendo a extensão completa um objetivo muito importante. Os métodos de estiramento (alongamento) são também essenciais para combater o défice de extensão do joelho. O treino de equilíbrio e de consciência da posição (proprioceção) e a reeducação do padrão de marcha, constituem também métodos fundamentais na reabilitação. Se necessário, recorre-se a um auxiliar de marcha, normalmente uma canadiana.
A Hidroterapia é uma modalidade terapêutica muito útil em todas as fases da doença, já que os diversos métodos e técnicas são realizados em descarga articular (a imersão em água diminui a carga no joelho).

EXERCÍCIOS

Os exercícios de fisioterapia para o joelho devem sempre fazer parte do programa de tratamento da Osteoartrose e, se possível, serem progressivamente mais complexos.

É também importante o treino das atividades do dia-a-dia do paciente e a realização de exercícios protetivos, de modo a impedir a ocorrência de quedas.

Por outro lado, os exercícios para fortalecer o joelho podem ser diferentes se existir um local da articulação que esteja mais atingido. Podem ser realizados exercícios estáticos e dinâmicos, tentando-se sempre aumentar a sua dificuldade e adequar os exercícios aos gestos funcionais do paciente.

A bicicleta é um exercício recomendado, mas a sua realização implica alguns cuidados.

Os exercícios de estiramento (alongamento) devem ser sempre integrados na reabilitação do joelho com artrose. Se for possível, andar de costas e movimentar os pedais da bicicleta para trás são exercícios benéficos na terapêutica fisiátrica.

O doente deve fazer exercícios de forma regular em casa, após ter-lhe sido ensinado um programa adequado de exercícios de fortalecimento muscular do joelho e de exercícios específicos de alongamento. É fundamental que não haja diminuição da atividade física do doente, sempre adequada à patologia a nível do joelho e à condição global do doente.

Fonte (22/05/2020)

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This