Tratar a Osteoartrose com um plano wellness completo

Lidar com a Osteoartrose significa muito mais do que simplesmente tratar da dor. Um tratamento completo da doença deve incluir o alívio da dor e da inflamação, mas também o retardar do desgaste do joelho e das articulações, além da melhoria das funções motoras e da qualidade de vida.

plano wellness

Lidar com a Osteoartrose significa muito mais do que simplesmente tratar da dor. Um tratamento com base num plano wellness completo da doença deve incluir o alívio da dor e da inflamação, mas também o retardar do desgaste do joelho e das articulações, além da melhoria das funções motoras e da qualidade de vida.

REMISSÃO

Além de se conseguir suavizar o impacto das dores e permitir um “ir andando”, os médicos possuem também ferramentas e medicamentos disponíveis para acalmarem muitos tipos de inflamação provocada pela Osteoartrose.

Quando os sintomas praticamente desaparecem e o médico comprova que as articulações já não estão inflamadas, isso significa remissão. Ao iniciar-se um tratamento assim que a doença é diagnosticada e ao tomar-se os medicamentos prescritos, é possível entrar-se em remissão. Nestes casos, as taxas de remissão situam-se ao nível dos 60% ou até mais.

Ainda que não se atinja um patamar de zero sintomas, a dor diminui, é possível mover-se melhor e ter uma boa qualidade de vida. Além disso, as hipóteses de surgirem outros problemas como doenças cardíacas diminui.

TRATAMENTO-ALVO

Alguns médicos usam uma estratégia designada por Tratamento-Alvo quando estabelecem uma estratégia de combate à Osteoartrose. A ideia é que o médico e o paciente trabalhem em conjunto e definam um alvo (o ideal é que este seja a remissão da doença ou uma redução significativa do seu impacto). Checkups regulares permitem ir acompanhando os progressos e ajustar a medicação e outros tratamentos até se atingir o alvo final. O Tratamento-Alvo é cada vez mais comum em casos de Osteoartrose.

ESTILO DE VIDA

Os medicamentos não resultam apenas por si só. Qualquer um deles funcionará melhor se for combinado com mudanças positivas do estilo de vida. A perda de peso, sempre que seja necessário, controlar o colesterol e a pressão arterial, deixar de fumar, são alguns passos que permitem melhorar a saúde e a qualidade de vida. A terapia física e ocupacional, o exercício, o conhecimento da doença e as terapias complementares fazem parte de uma abordagem wellness da Osteoartrose.

MEDICAÇÃO

Mesmo que o paciente se comece a sentir melhor com a medicação ou não se sinta confortável com os efeitos secundários desta, nunca deve deixar de a tomar. Pequenas inflamações do corpo podem ainda estar a provocar desgaste do joelho e das articulações. É fundamental continuar-se a seguir o plano de toma de medicamentos e falar com o médico sobre qualquer dúvida que se tenha. Sem se tomar os medicamentos prescritos, o médico não conseguirá perceber se o tratamento está a funcionar ou não e não poderá fazer mudanças no plano de toma.

O “ASSIM, ASSIM” NÃO CHEGA

Até que a doença atinja um estado de remissão ou de baixa atividade, não se deve desistir. Andar “assim, assim” não é suficiente, nem se deve deixar de ir ao médico. O facto de a pessoa se estar a sentir melhor não significa que a doença esteja controlada. O objetivo é continuar a trabalhar com o médico até se encontrar o melhor tratamento para eliminar a inflamação e a dor convenientemente.

Fonte
Acedido a 17/05/2020
Esta página pode ser atualizada e deve ser consultada regularmente para acesso à informação mais recente.

Aviso

Está prestes a deixar um website da Sanofi e a aceder a outro site, onde não se aplica a nossa política de privacidade. A Sanofi não é responsável pelo conteúdo de websites externos.

Voltar Continuar

Pin It on Pinterest

Share This